segunda-feira, 17 de abril de 2017

Delicados bordados sobre papel



A artista Izziyana Suhaimi, residente em Singapura, no Sudeste Asiático, cria delicadas ilustrações bordadas sobre papel.
Com uma técnica mista original que mistura tradição e modernidade, a artista combina o bordado, o desenho a lápis e aquarela para realizar seu trabalho.
Izziyana cria ilustrações em lápis e aquarela em preto e branco como pano de fundo para seus bordados, geralmente flores coloridas dispostas à moda “Xale Manila”, acessório feminino de origem chinesa, em seda, popularizado no século XVIII na Espanha e na América Latina.
Imagino que para executar tão delicado trabalho, a artista dispõe de grande habilidade e paciência, não somente ao bordar, mas especialmente com o material sobre o qual trabalha, o papel.



A artista produz suas criações artesanalmente, cada peça é única. Como numa tapeçaria, padrões florais se estendem em uma tela de papel criando peças denominadas pela própria Izziyana de “evidências da mão e do tempo”.
“Bordados para mim é um ato quieto e ainda, onde cada ponto representa um momento passado. A construção dos pontos torna-se então uma representação do tempo passando eo trabalho final é como uma manifestação física do tempo - um objeto do tempo. Cada ponto é também uma gravação dos pensamentos e emoções do criador.
Eu aprecio a dualidade do bordado, em seus movimentos de apunhalar, de cortar, de cobrir, de construir, de reparar, de desmontar. Cada ponto feito parece desdobrar uma história e reter ao mesmo tempo. “
(Izziyana Suhaimi)




Para conhecer mais o lindo e delicado trabalho da artista, acesse www.izziyanasuhaimi.com






Nenhum comentário:

Postar um comentário